Rio - 29 de março de 2017

PSOL pede afastamento de Picciani

A bancada do PSOL defende o afastamento de Jorge Picciani da presidência da Assembleia Legislativa (Alerj) e o aprofundamento das investigações sobre o caso, com a garantia da ampla defesa no processo legal. Leia mais

Faltam condições mínimas para Uerj funcionar!

A Uerj não está em greve! O que está acontecendo é que a universidade não tem condições mínimas para funcionar! 

Na Alerj, há no momento uma movimentação do governo, capitaneada pelo ex-secretário de Ciência e Tecnologia, de tentar abrir uma CPI para criminalizar a Uerj. Um absurdo que deve ser combatido. Criminoso é esse governo que não repassa verbas, que não paga servidores e terceirizados e deixou uma das principais instituições de ensino e pesquisa do Brasil chegar a essa situação.

Uerj fica! 

Fora Pezão!

Queremos que a Cedae continue pública!

Nosso mandato participando de ato recente em defesa da Cedae, no centro da cidade. Estamos juntos! Leia mais

Audiência pública debate Cultura 

Eliomar preside o painel “A efetivação do Sistema Estadual de Cultura do Rio de Janeiro e os Municípios Fluminenses”. Os trabalhos fizeram parte do 2º Seminário de Integração de Gestores de Cultura, na Alerj, no último dia 20.

Também estão abertas as inscrições para o Diploma Heloneida Studart de Cultura. Leia mais

Apoie a investigação da CPI das Isenções Fiscais!

De 2007 a 2015, 185 bilhões de reais deixaram de ser arrecadados para os cofres públicos e foram dados a empresas pelo governo do Rio por meio de isenções fiscais.

Por isso, a base de apoio ao governo quer sabotar a CPI, indicando todos os membros e impedindo a participação da oposição.

Nem todas as CPIs dão certo! Apenas as que têm o apoio e a fiscalização da população!

Somos milhares de pessoas acompanhando as investigações! Assine!

Pressione e fiscalize: http://cpidasisencoes.marcelofreixo.com.br

RIO ANTIGO

O primeiro mosteiro para mulheres no país, o Convento da Ajuda foi demolido em 1911. As “mães-bentas” feitas pelas irmãs faziam o maior sucesso. Os doces eram vendidos no local, atualmente entre a Cinelândia e a Praça Marechal Floriano. Viaje no tempo