Rio - 31 de agosto de 2011

Queremos o bonde de volta com segurança


Para além da indignação pela tragédia anunciada – o acidente com o bonde 10 de Santa Teresa, que matou cinco pessoas e feriu outras 57, no último sábado – nosso mandato cobra responsabilidade do governo. Há mais de um ano divulgamos relatório do CREA/RJ que reprova o sistema de freios dos bondes novos. A precariedade no funcionamento dos bondinhos foi motivo de ação civil pública contra o estado, impetrada pelo Ministério Público a pedido da AMAST, em 2008. A ação exigia a modernização eficiente dos bondes. O mandato ajudou a Associação de Moradores de Santa Teresa a redigir o documento. Embora condenado pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, o estado nada fez respaldado por recursos que ainda não foram julgados. A negligência e a falta de manutenção ficaram expostas na curva da Rua Joaquim Murtinho onde a composição virou. Amanhã (01/09), haverá uma manifestação, às 9h, na Estação Carioca. Há exatos 115 anos, os bondinhos começaram a circular no bairro. Eles têm que voltar aos trilhos. Mas transporte, seja ele qual for, só com segurança. Aos usuários – e funcionários que trabalham no bonde –, o verdadeiro respeito que merecem. Na foto, o condutor Nelson Correa da Silva, uma das vítimas.
Leia artigo “Até quando usuários de transportes morrerão por omissão das autoridades?”

Servidores unidos contra a “capitalização” do FUNPREVI
Uma grande mobilização barrou a votação de projeto de lei nº 1005/2011 que propõe a capitalização do FUNPREVI e põe em risco futuras aposentadorias de funcionários do município. Ontem, mais de mil pessoas lotaram as escadarias da Câmara Municipal. A resistência dos servidores está dificultando a aprovação da mensagem do Executivo, que continua em regime de urgência na pauta de votações. A fim de buscar apoio do Legislativo, o secretário chefe do gabinete do prefeito, Luiz Guaraná, apelou e se reuniu com parlamentares. O presidente do Tribunal de Contas do Município, Thiers Montebello, também esteve na Câmara, fez restrições ao projeto e prometeu analisar, com independência, as críticas e questionamentos encaminhados por um grupo de vereadores, entre eles, Eliomar Coelho. Para impedir a aprovação do projeto, é fundamental que a categoria se mantenha mobilizada!

O melhor traçado para a Linha 4
O movimento O Metrô que o Rio Precisa lançou proposta detalhada para a Linha 4 que melhor atende à população e inclui as estações Gávea e Alvorada, na Barra da Tijuca.

Alerta lilás
As mulheres do PSOL/RJ tem agenda política nos próximos dias 9, 10 e 11 de setembro, no Sindisprev. É o Encontro Estadual de Mulheres, que será um forum preparatório para o II Encontro Nacional de Mulheres do PSOL programado para acontecer, no Rio, em outubro.

Magreb: Oriente Médio e esquerda brasileira
Milton Temer e Juliano Medeiros
Passados seis meses da derrubada das ditaduras Ben Ali e Mubarak, na Tunísia e no Egito, que balanço podemos fazer dos episódios considerados por parte da esquerda – aquela já habituada a ver crises revolucionárias onde existem crises sociais – importantes processos de revoluções democráticas?
Leia na íntegra o artigo na página do PSOL

Samba da melhor qualidade
Destaque entre jovens cantoras, Elisa Addor lança seu primeiro disco “Novos Tempos” no próximo dia 1º de setembro, quinta-feira, às 19h30, em show no Teatro Rival. Dona de timbre suave, com afinação precisa, Elisa venceu o primeiro concurso do Carioca da Gema, na Lapa. Desde então, é uma das vozes fixas da casa. É ela também quem está à frente da roda de samba do Bar Semente, no mesmo bairro.

Opine
Você acha que o estado tem que indenizar as vítimas do acidente do bonde?

Rio antigo
Parece um balneário mas é a Rua Barata Ribeiro sem nenhum prédio, com a visão total do Morro do Cantagalo. Irreconhecível. Quase impossível de reconhecer, também, a Avenida Atlântica não fosse a presença imponente do Hotel Copacabana Palace.