Notícias

Rede Solidária: ajude camelôs e suas famílias durante a quarentena!

As medidas econômicas anunciadas pelo governo para minimizar os efeitos da crise provocada pelo coronavírus privilegiam o mercado formal, mas, em todo o país, cerca de 40 milhões de pessoas trabalham na informalidade (número que só vem crescendo sob o governo Bolsonaro) e, somente na cidade do Rio, são 15.457 ambulantes cadastrados.

No entanto, o Movimento Unido dos Camelôs (MUCA) alerta que o número oficial da Prefeitura do Rio está muito abaixo da realidade. Há cinco anos, a organização StreetNet estimava cerca de 60 mil camelôs na cidade. Com o crescente desemprego, o número de pessoas trabalhando nas ruas cresceu exponencialmente, mas a sobrevivência de suas famílias está em risco com a expansão do coronavírus e o esvaziamento das ruas.

Dessa forma, o MUCA e o Observatório das Metrópoles estão organizando uma rede de solidariedade para doações de cestas básicas para mulheres e homens camelôs.

O valor da cesta básica é de 250 reais, mas TODA E QUALQUER CONTRIBUIÇÃO É BEM VINDA!

Leia mais

Esta notícia está também no Facebook do Eliomar

Esta entrada foi publicada em Direitos Humanos, Notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>