Notícias

Retrospectiva 2020 (maio): perdemos Aldir Blanc e Dona Neném, projeto para garantir pagamento da bolsa integral da Faperj e renda básica para trabalhadores da Cultura

Na retrospectiva do ano, hoje (quarta, 23/12), chegamos ao mês de maio. Um mês que começou triste onde a pandemia continuava trazendo desafios diários. Perdemos o genial Aldir Blanc e também Dona Neném, viúva do compositor Manacéa e uma das figuras mais importantes da Portela. A realidade na política começava a trazer a tona o que já imaginávamos que seria o Governo Witzel: suspeita de fraudes na área da saúde.

Era preciso reagir. E foi o que fizemos durante as sessões remotas do Parlamento. Conseguimos aprovar o projeto de lei que assegurou o pagamento integral de todas as bolsas da Faperj. Proposta de suma importância, em um momento que pesquisadores precisavam mais do que nunca ter seu valor reconhecido, já que o governo federal atenta contra a pesquisa e a ciência.

Incluímos também os trabalhadores da Cultura no PL 2034, que autorizava o pagamento de renda básica durante a pandemia de Covid-19. Essa é uma luta que estamos perseguindo e cobrando dos governos ao longo de todo o ano.

Lá em Brasília também tivemos vitórias: Aprovaram o PL de Emergência Cultural Aldir Blanc. A lei tem servido para apoiar 5 milhões de trabalhadores, com auxílio emergencial de R$ 600, e pequenos espaços culturais, com linhas de crédito especiais e suspensão dos tributos federais e de contas como luz, gás e internet.

Esta postagem está no Facebook do Eliomar

Esta entrada foi publicada em Carnaval, cidadania, Cidade, Cultura, Notícias, Saneamento, Saúde, Servidores. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>