Blog

Rio antigo: a evolução do famoso calçadão de Copacabana

São muitos os calçadões de Copacabana. Embora possa parecer ilusão de ótica, basta ver a sequência de fotos para perceber a alteração no sabor das ondas da mais famosa calçada do Rio de Janeiro. O desenho foi mudando ao longo dos anos, desde sua construção em 1906. Foi por conta do excesso de pedras portuguesas importadas pelo então prefeito Pereira Passos para cobrir as calçadas da Avenida Central que a cidade ganhou uma prima – hoje muito mais nobre – em Copacabana.

Em 1906, as ondas do calçadão se dirigiam para o mar …O desenho foi trazido pelos calceteiros portugueses. Observando a foto abaixo dá para perceber que as as ondas eram bem mais estreitas.

Em 1919, houve uma reurbanização e as ondas passaram a ser longitudinais, como na foto abaixo. Anos depois, por conta das constantes ressacas, o calçadão foi refeito e as ondas voltaram a ser perpendiculares. Mas a reforma, na década de 40 – para construção dos postos de salvamento -, selou definitivamente o formato longitudinal das ondas…Essa formato foi mantido após as obras de duplicação da avenida, nos anos anos 70, e resiste até hoje.


Uma curiosidade: depois da importação de pedras de Portugal, foram encontradas enormes jazidas de material similar próximas ao Rio de Janeiro. O nome da pedra, no entanto, não foi alterado. Hoje existem jazidas espalhadas pelo país. O maior produtor de pedras portuguesas é o estado do Paraná.

Esta entrada foi publicada em Blog e marcada com a tag , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>