Blog

Rio antigo: alma de Santa Teresa, o bonde cruza o bairro em 1906

O bonde é a alma de Santa Teresa – único bairro onde o transporte centenário sobrevivia antes de acontecer o trágico acidente anunciado. O postal colorido mostra o bondinho cortando o bairro, em 1906, na Rua Almirante Alenxadrino. A composição ainda era verde. A Associação de Moradores de Santa Teresa encaminhou documento onde expressa as reivindicações que vão garantir a segurança de motorneiros, cobradores e passageiros. Exige a retirada de circulação dos VLTs – veículos novos que apresentam falha grave nos freios constatada pelo CREA.
Abaixo, o caminho do Silvestre quando os trilhos ainda eram fixados em estrada de chão. Se a Estação Silvestre for reativada, como planejavam as autoridades, será possível embarcar na Estação Carioca e chegar até o Cristo Redentor, fazendo baldeação para o Trem do Corcovado no Silvestre. Para isso, todas as linhas do sistema têm que voltar aos trilhos (Paula Matos, Dois Irmãos e Silvestre). A retomada do serviço, com segurança, responsabilidade e planejamento, só depende de vontade política.

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>