Rio Antigo: Candelária

Candelária, no Centro do Rio, local da concentração da manifestação que culminou com um ato inter-religioso na Cinelândia para a companheira Marielle Franco e o companheiro Anderson Gomes, barbaramente assassinados, quando voltavam de uma roda de conversa, na Lapa, na noite do último dia 14.

O trajeto Candelária-Cinelândia se tornou frequente em atos de trabalhadores em defesa de direitos legítimos adquiridos ao longo da história, além de outras manifestações populares no campo da resistência e luta. Em 1984, o “Diretas Já” reuniu um milhão de pessoas no local.

Oito jovens que dormiam do lado de fora da igreja foram assassinados em 1993. Seis deles eram menores. O episódio teve repercussão internacional e ficou conhecido como a “Chacina da Candelária”.

Construída em 1609 como uma ermida (capela pequena), a Igreja de Nossa Senhora da Candelária foi reformada em 1710 e ampliada em 1775. Ainda com as obras inacabadas, a igreja foi aberta em 1811.

Foto de S. H. Holland de 1930.

Esta entrada foi publicada em Rio Antigo. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>