Rio antigo: casarão da Casa da Moeda

O antigo casarão da Praça da República 26, no Centro do Rio, que foi sede do Museu Real (atual Museu Nacional), abrigou o Arquivo Nacional, a Casa da Moeda (CMB), o Departamento de Arquivo e Documentação Histórica e o Museu da Justiça (TJRJ). A CMB estuda a criação de um Museu ou Centro Cultural no local.

Foto Marc Ferrez 1890

A Casa da Moeda do Brasil foi criada em 1694 por D. Pedro II, Rei de Portugal, em Salvador, Bahia. O objetivo era atender a demanda na colônia, fabricando moedas com o ouro extraído no território nacional.

Em 1868, a CMB transferiu suas atividades para o prédio construído na Praça da Aclamação, atual Praça da República, no centro do Rio de Janeiro.

A CMB é responsável pela confecção do meio circulante no país há mais de 300 anos. Dentre seus principais produtos, estão passaportes com chips e selos fiscais.

Em 1984, a Casa da Moeda foi transferida para um moderno complexo industrial, localizado em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Lá, funcionam as três fábricas da empresa – de cédulas, de moedas e a gráfica.

O casarão ficou desocupado durante 11 anos – de 1998 até 2009. De lá para cá tiveram início as obras de restauro.

A CMB estuda a criação de um Museu ou Centro Cultural no casarão.

Fonte: portal da Casa da Moeda do Brasil (CMB) http://www.casadamoeda.gov.br/portalCMB/home

 

 

 

Esta entrada foi publicada em Rio Antigo. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>