Blog

Rio antigo: cem mil indignados contra a repressão em junho de 68

A repressão violenta contra uma manifestação organizada em protesto por dezenas de prisões de estudantes resultou na “Sexta-Feira Sangrenta”, em junho de 68, quando morreram 28 pessoas, centenas ficaram feridos, mais de mil foram presos e viaturas da polícia foram incendiadas. Em resposta ao violento ataque, houve uma grande mobilização da sociedade civil que ficou conhecida como a Passeata dos Cem Mil. As manifestações ganharam um nova dimensão depois da morte do estudante Edson Luís Lima Souto, em março daquele ano. Mas a grande passeata que reuniu milhares no Centro marcou o auge da resistência contra a ditadura militar.

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

4 respostas a Rio antigo: cem mil indignados contra a repressão em junho de 68

  1. O Rio é potencialmente histórico!

  2. Luiz Carlos disse:

    A maioria dos artistas que aparecem na segunda foto posando de revolucionários, hoje “estão em casa, guardados por deus, contando seus metais”.

    • Eliomar Coelho disse:

      Caro Luiz Carlos,

      Registros, mais do imagens, são recortes históricos que permitem análises profundas, sociológicas e antropológicas, sobre o ser humano

      Abraços,
      Eliomar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>