Blog

Rio antigo: como era a Praça Floriano em 1904

Não havia a Câmara dos Vereadores. Não Havia o Teatro Municipal. Nem sequer o monumento em homenagem a Marechal Floriano Peixoto, que só foi inaugurado em 1910, um ano depois do imponente Municipal abrir as portas. O registro de Agusto Malta foi feito em 1904 quando a Praça Floriano era conhecida como Largo da mãe do Bispo. No encontro das ruas dos Barbonos (atual Evaristo da Veiga) e Guarda Velha (atual 13 de Maio) vivia D. Ana Teodoro Ramos Mascarenhas, a mãe do tal bispo, José Joaquim Justino Mascarenhas Castelo Branco. Uma autoridade informal na cidade, ela recebia e encaminhava demandas da população. Esta é a origem, por sinal, da expressão “vá se queixar à mãe do bispo”. O bispo, por sua vez, foi vítima de boatos sobre visitas furtivas, altas horas da noite, às freiras do Convento da Ajuda.

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

4 respostas a Rio antigo: como era a Praça Floriano em 1904

  1. Pingback: Debate: Para o PSOL continuar necessário | Eliomar Coelho - PSOL - O vereador do Rio

  2. Pingback: Rio antigo: como era a Praça Floriano nos anos 20 | Eliomar Coelho - PSOL - O vereador do Rio

  3. Lucilene Batista disse:

    Boa Noite !

    Estudo turismo e estas como as histórias que tiver disponível, muito me interessa. Tem como disponibilizar este arquivos com fotos e histórias do local para o meu e-mail !

    Obrigada !

    • Eliomar Coelho disse:

      Cara Luciene,

      As fotos que publicamos no Rio Antigo estão disponíveis em sites e em páginas do Facebook. Claudia Rodrigues (claudiar63@gmail.com), a jornalista responsável pela seção, entrará em contato informando onde você pode achar este material valioso!

      Abraços cordiais,
      Eliomar Coelho

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>