Rio antigo: Largo do Machado

Confundido muitas vezes com bairro, o Largo do Machado ocupa uma área limítrofe com os bairros do Catete, do Flamengo e das Laranjeiras, na Zona Sul. Originalmente, era uma lagoa, que abastecia o Rio Catete. No século XVIII, passou a ser conhecido pelo seu nome atual por causa de um proprietário de terras do local.

Após ser aterrada, a lagoa deu lugar primeiramente ao Campo das Pitangueiras e, na sequência, ao Campo das Laranjeiras. No início do século XVIII, passou a ser chamado Campo ou Largo do Machado, em referência ao oleiro André Nogueira Machado, proprietário de terras no local. Em 1810, o nome foi reforçado graças a uma coincidência. Um açougueiro, também de sobrenome Machado, instalou-se no largo e ilustrou a fachada de seu estabelecimento com um grande machado. Nesse mesmo ano, o Largo do Machado passou a constar como logradouro oficial na cidade.

Chafariz no meio do Largo do Machado com a estátua de Nossa Senhora da Conceição. Ao fundo, a Igreja de Nossa Senhora da Glória

O local oferece aparelhos de ginástica  para idosos. Também é comum no local a realização de feira de livros, de comidas típicas, além de shows e apresentações circenses. O largo também é frequentado por turistas brasileiros e estrangeiros. Em frente à igreja, eles podem comprar ingressos para conhecer o Cristo Redentor e as Paineiras.

A Igreja Nossa Senhora da Glória, inaugurada em 1872, margeia o largo dando para duas ruas: a das Laranjeiras e a Gago Coutinho.

Igreja de Nossa Senhora da Glória

 

Esta entrada foi publicada em Rio Antigo. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>