Blog

Rio antigo: o Dia do Trabalhador em 1919

O 1º de maio tornou-se o Dia Trabalhador no mundo inteiro por causa de uma greve que aconteceu na cidade de Chicago, nos Estados Unidos em 1886. Milhares de trabalhadores se reuniram para reivindicar redução de jornada de 13 para 8 horas diárias. À esta manifestação seguiu-se outra, que ficou conhecida como Revolta de Haymarket, realizada três dias depois quando manifestantes foram mortos. Em 1889, o Congresso Internacional Socialista, em Paris, decidiu que o 1º de maio seria a data em que os trabalhadores em diferentes países fariam protestos em prol da jornada de 8 horas. No ano seguinte, trabalhadores da Alemanha, Áustria, Hungria, Bélgica, Dinamarca, Espanha, Estados Unidos, Holanda, Grã-Bretanha, Itália e Suíça mostraram sua força ao aderir a uma greve geral de várias nacionalidades. Os operários desfilaram pelas ruas de suas cidades para demonstrar o apoio coletivo à causa trabalhista. O dia foi, então, batizado de “Dia do Trabalho”. Aquele pleito foi atendido, a despeito de casos de desrespeitos à jornada de oito horas persistirem em alguns países. Mas os trabalhadores ainda têm motivos para protestar e reivindicar. Por isso, todo ano, em milhares de cidades espalhadas pelo mundo, o 1º de maio é marcado por manifestações nas ruas e até mesmo festas.

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>