Rio Antigo: Rua Ipiranga

Na Rua Ipiranga, nasceu o escritor Lima Barreto (1881/1922), em uma casa no número 18, e, seis anos mais tarde, o compositor Heitor Villa-Lobos (1887/1922). Localizada no bairro de Laranjeiras, recebeu este nome em homenagem ao riacho do Ipiranga (SP), onde foi proclamada a independência do Brasil. Nome indígena, Ipiranga vem do Tupi-Guarani “y”: água ou rio + “piranga”: vermelho.

A Rua Ipiranga fica entre as ruas das Laranjeiras e Paissandu. Nela, encontramos edifícios residenciais, bares e restaurantes, clínicas médicas, uma escola, casarios e casas, além de vilas.

O Instituto João Alves Afonso, escola para crianças carentes, funciona em um casarão de 1886. O estilo neoclássico data do final do século XIX. O palacete, com um amplo jardim à frente, foi fundado em5 de outubro de 1829. De 1871 até o final daquela década, funcionou ali o Colégio Abílio, do Dr. Abílio César Borges, barão de Macaúbas. Nele, estudou o escritor Raul Pompéia (1863-1895), que, com base em sua vivência na instituição, escreveu o romance O Ateneu, publicado em 1888.

A Rua Ipiranga fica perto da Praça São Salvador, do Palácio Guanabara e dos bairros do Largo do Machado e do Flamengo.

Foto: Augusto Malta de 1903. Pequeno trecho da Ipiranga na direção da Rua das Laranjeiras.

 

 

Esta entrada foi publicada em Rio Antigo. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>