Blog

Rio antigo, toda sexta!

A Quinta da Boa Vista, o Passeio Público e o Campo de Santana têm algo em comum: o projeto paisagístico dos três lugares foi elaborado pelo francês Auguste Glaziou – um mestre que chegou ao Rio em 1858 e deixou sua marca na cidade. Na sequência de fotos, o antigo Campo de Santana exatamente como foi projetado por Glaziou. A reforma iniciada em 1873 durou setes anos e foi um pedido do Imperador D. Pedro II. Parte do visual criado pelo paisagista desapareceu com a abertura da Avenida Presidente Vargas, nos anos 40, mas os jardins do Campo de Santana mantém a atmosfera romântica inspirada em parques franceses como Chaumont e Bois de Boulogne.

Recém-lançado, o livro “Glaziou e as raízes do paisagismo no Brasil”, de Bia Hetzel e Silvia Negreiros, faz uma compilação dos projetos e reformas realizados por Glaziou, com informações minuciosas e um belo ensaio fotográfico que revela toda a arte do mestre que inspirou nomes relevantes do paisagismo brasileiro como Burle Marx.

Esta entrada foi publicada em Blog, Rio Antigo e marcada com a tag , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

2 respostas a Rio antigo, toda sexta!

  1. Luiz Antonio disse:

    O Passeio Público não foi, originalmente, projetado e realizado pelo Mestre Valentim ?
    A reforma sim por Glaziou, que inclusive deu a forma e traços de contornos arrendondados, sua característica ?

    • Eliomar Coelho disse:

      Caro Luiz Antonio,

      Correto, Glaziou foi responsável por projetos de reformas e construção. No caso do Passeio Público, ele se encarregou da reforma. De qualquer forma, estas mudanças que você mencionou foram projetadas por ele. Ele, de certa forma, atuou como projetista do espaço, a exemplo de Valentim. Mas não vamos negar a autoria a quem lhe cabe…

      Obrigado pelo comentário…

      Abs,
      Eliomar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>