Blog

Rio antigo: veja como mudou o entorno da Praça José de Alencar, no Flamengo

Você já reparou na estátua do escritor José de Alencar sentado em uma cadeira, que fica bem no centro da Praça José de Alencar, no Flamengo. A estátua está lá desde de 1897 quando o logradouro ganhou o nome do romancista brasileiro. No século XVII foi construída, no local, uma ponte sobre o Rio Carioca que originou o apelido de Largo da Ponte do Catete. Para o Largo convergiam o Caminho Velho de Botafogo (atual Senador Vergueiro), o Caminho Novo de Botafogo (Marquês de Abrantes), ruas do Catete, Conde de Baependi e Barão do Flamengo. Na época, cobrava-se até pedágio para cruzar a tal ponte, que foi sendo substituída por novas até que o prefeito Pereira Passos resolveu canalizar o Rio Carioca no início do século XX. O resultado da revitalização da Praça José de Alencar, realizado na gestão Passos, está na foto acima. Abaixo, um registro da estátua na nova praça.

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

5 respostas a Rio antigo: veja como mudou o entorno da Praça José de Alencar, no Flamengo

  1. Pingback: Domingo tem PSOL na praia de Copacabana | Eliomar Coelho - PSOL - O vereador do Rio

  2. Com as obras de Maia e & não só a Praça José de Alencar ficou totalmente descaracterizada, feia, com material frágil. As calçadas ficaram com uma camada de cimento que esquenta terrivelmente e não filtra as águas. Sumiram as belas pedras portuguesas do entorno que não esquentavam tanto e deixavam as águas das chuvas fluir. Tenho vontade de saber onde foram parar as pedras portuguesas, para não dizer do prejuízo causado a muitos de nós que trabalhamos ou trabalhávamos na área.

    • Eliomar Coelho disse:

      De fato, Vanda, as mudanças só ajudaram a tornar o lugar mais feio. Na verdade, a praça praticamente deixou de existir sobrando apenas o pequeno círculo que abriga a estátua.

      Abs,
      Eliomar

  3. Maria A. Godoy de Castro Faria disse:

    Admiráveis Imagens, Sr. Eliomar. Parabéns pelo resgate. Trabalho com História voltada aos assentamentos geográficos e procuro por antigas Imagens ou qualquer documento que situe meu Tio Bisavô Luis Matos Pereira e Castro, o Barão do Flamengo. Era ele engenheiro civil e fez alguns projetos para D. Pedro II. Vendeu-lhe as terras para a construção da Igreja de Petrópolis, doou outras, doou também as terras para locar a Praça de Nova Friburgo e foi Diretor e Sócio do Banco Nacional do Comércio. Era proprietário da atual Barão do Flamengo, onde ele próprio fez o projeto de saneamento de tal rua. Residia na Rua do Catete. “Segue a definição da antiga rua: Aberta em 1858 por iniciativa do proprietário das terras onde se localizava, Luís de Matos Pereira e Castro, diretor do Banco Comercial, barão do império e por ele doada à comunidade. Ainda hoje conserva o nome de seu doador. Na esquina com a rua do Catete, localizava-se seu solar, mais tarde transformado em um asilo, hoje já demolido.”Será que haveria algum registro fotográfico do antigo local? Esquina da Rua Barão do Flamengo e Rua do Catete, seria a residência Familiar.

    Desde Já Grata Por Qualquer Procedimento,

    Atenciosamente,

    Maria Godoy de A. de Castro Faria

    • Eliomar Coelho disse:

      Cara Maria Lucia,
      Caso encontremos alguma imagem referente ao que você citou, encaminharemos ao seu email.

      Fico muito grato com seu comentário pois acredito que é muito importante preservar a memória fotográfica da cidade que revela muito da forma como os governantes interagem com o espaço público.

      Abraços,
      Eliomar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>