Rio antigo: Viaduto do Méier (Castro Alves)

A construção do Viaduto do Méier (viaduto Castro Alves), em 1969, conectou os dois lados do bairro. Atualmente, o viaduto está com sua capacidade de suporte saturada, o que acaba provocando congestionamentos durante o dia inteiro. Além disso, a estrutura dá sinais de desgaste e moradores afirmam que há vários anos não veem qualquer manutenção tanto nos seus protetores laterais, quanto no capeamento da pista de rolamento. Espaço existe, para uma possível ampliação. O que parece não existir é interesse da prefeitura em resolver um problema que afeta toda a região do Grande Méier.

O que temos assistido nos últimos anos é uma série de intervenções de fachada no centro da cidade e no seu entorno, promovida pelo alcaide Eduardo Paes. Basta sair um pouco da parte central para verificar o estado de abandono de bairros como Méier, Olaria, Marechal Hermes, Cavalcanti e Cascadura, entre outros em que o nosso mandato esteve recentemente. As áreas de lazer desses bairros estão sem qualquer tipo de conservação.

O viaduto Castro Alves foi inaugurado em 14 de fevereiro de 1969, no governo Negrão de Lima, e o projeto é de autoria da professora e política Velinda Maurício da Fonseca, nascida e criada no Méier.

Com 330 metros de extensão, a construção teria sumido com um pedaço do Jardim do Méier, pulmão verde da região, provocando reclamações de especialistas.

Foto http://oriodeantigamente.blogspot.com.br/2011/01/meier.html

 

Esta entrada foi publicada em Rio Antigo. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>