Rio - 20 de março de 2014

Super salários na Comlurb

Quase um ano depois de entrar com requerimento – que nunca foi respondido – solicitando informações sobre a composição e o valor da remuneração do conselho de administração da Comlurb, os vereadores da bancada do PSOL na Câmara Rio, Eliomar Coelho, Paulo Pinheiro e Renato Cinco, foram surpreendidos com a divulgação de um aumento de 300% concedido por Eduardo Paes aos conselheiros. A informação, divulgada pela revista Veja, afirma que, em 2012, o jeton mensal passou de R$ 1.749,66 para R$ 7.000. Os parlamentares vão reiterar o pedido de resposta ao requerimento e definir as ações cabíveis. Leia mais

Racismo e barbárie

Claudia da Silva Ferreira, 38 anos, negra, auxiliar de serviços gerais, mãe biológica de quatro filhos e adotiva de quatro sobrinhos é mais uma vítima do tratamento desumano que policiais reservam àqueles que consideram sub-raça desprovida de cidadania. Baleada em tiroteiro, no Morro da Congonha, onde os PMs já chegaram atirando, foi arrastada pela viatura da polícia presa ao porta-malas onde foi despejada pelos policiais. Não foi socorrida. Foi assassinada. A imagem captada por celular causou indignação e revolta no Brasil e no exterior. Os três PMs que trataram Claudia como “cachorro” estão presos. Mas a mentalidade e o preconceito que explicam esta “ação” dita o comportamento de boa parte da corporação. O governador respondeu com a expulsão dos PMs que já respondiam por homicídio. Mas isso é pouco. É hora de discutir a desmilitarização da polícia e as formas de reeducar o olhar e a atitude desta tropa que usa o poder para cometer crimes.

50 anos de ditadura

Em nome da memória, os 50 anos do golpe militar, ocorrido no dia 31 de março, de 1964 serão tema de solenidade organizada pelos vereadores Eliomar Coelho, Paulo Pinheiro e Renato Cinco, da bancada do PSOL na Câmara Rio. Participam, também, o deputado federal Chico Alencar e entidades ligadas ao combate à ditadura e à defesa dos direitos humanos, que serão homenageadas no debate “Página Infeliz da nossa história”. Em artigo, o jornalista Milton Temer conclui que as consequências daquele processo, mesmo com a redemocratização, podem ser consideradas uma novela de final infeliz’”. O PSOL Carioca lançará sua revista durante o evento.
Dia: segunda-feira, 31/03
Hora: 18h
Local: plenário do Palácio Pedro Ernesto, na Cinelândia

Abaixo a ditadura!
Léo Lince
“Os idos de 64 vão se distanciando no tempo e a ditadura ali gestada, até para aqueles que sofreram na carne a sua truculência, vai adquirindo a feição inevitável de um “objeto da história”. No entanto, percorrido meio século, observa-se uma súbita reativação, nos fluxos da memória coletiva, da crônica apaixonada sobre os acontecimentos que compuseram aquela “página infeliz da nossa história”.” Leia artigo na íntegra

E lá vem o aumento…
Esta semana, mais uma vez, passageiros do Metrô passaram 15 minutos de sufoco com a paralisação de uma composição. Este mês, os usários dos Trens enfrentaram dois descarrilamentos. Um deles deixou sete vítimas e o outro paralisou o sistema da Supervia por 11 horas. Cai a qualidade do serviço mas a Agetransp (Agência Reguladora de Transportes) autorizou aumento dos Bilhetes Únicos de Trens e Metrô (de R$ 2,90 para R$ 3,20, os trens, e de R$ 3,20 para R$ 3,50, o Metrô). “Entre os membros da Agência, estão ex-diretores do Metrô, ex-assessores dos secretários do governo do estado e da presidência da ALERJ e ex-deputados. Todos com forte relação com o PMDB”, assinala Eliomar. O governador cancelou o reajuste, em meio às manifestações de junho de 2013, e anunciou que não pretendia rever os valores diante do caos no sistema de transporte. E agora, Cabral?

Rio surreal

Enquanto moradores de favelas não conseguem mais pagar aluguéis super valorizados, outros vendem seus imóveis para aproveitar a alta dos preços que assola a cidade. No Morro dos Cabritos, o aluguel de um quitinete pode custar mais de R$ 1 mil, segundo o presidente da Associação de Moradores, Danilo Ferreira de Souza. O assunto foi tema do ciclo de debates que aconteceu ontem (18/03), no Morro do Vidigal organizado pela ComCat – Comunidades Catalisadoras -, Fórum Intersetorial do Vidigal (FIV) e Albergue da Comunidade Vidigal. A reportagem “Especulação imobiliária sobe do asfalto para a favela”, do JB online, aborda o assunto.

Aplausos
Wladimir Safatle
“O Rio de Janeiro foi palco de uma greve de garis. Dificilmente encontraremos uma classe de trabalhadoresde tratada de maneira tão explícita como subempregados desqualificados.” Leia artigo de Wladimir Safatle publicado na Folha de São Paulo.

RIO ANTIGO
Construído em 1915 pelo original e extravagante arquiteto italiano Antônio Virzi, a Casa de Smith de Vasconcelos foi o prédio mais alto da Avenida Altântica até a construção do Hotel Copcabana Palace, preservado por lei do Mandato Eliomar Coelho. O palacete em estilo eclético, que mistura Art Noveau ao Medieval e tinha o apelido de “máquina de escrever”, despareceu depois de ser demolido na época da ditadura. Viaje no tempo