Notícias

Temos que parar e rever isenções fiscais sem controle!! Que critérios são esses?

 O projeto que proíbe novas isenções fiscais do governo do estado para os próximos 4 anos foi o tema do pronunciamento do nosso mandato na sessão da Alerj desta terça-feira (5/4). Todo mundo conhece as nossas críticas às isenções fiscais do jeito que são feitas, sem controle, sem critérios e sem contrapartidas.O projeto, do jeito que veio, trata apenas de isenções daqui pra frente. Ao nosso ver, porém, temos sim que rever algumas isenções. Também não podemos aceitar a renovação automática das que já existem, como está sugerindo o autor do projeto, Deputado Luiz Paulo.

Recentemente, já com a crise no auge, em novembro passado, o governo autorizou uma bolada para a Cervejaria Petrópolis de R$687 milhões. Recentemente, em março, a bolada foi de R$ 160 milhões para uma mineradora.

Entre 2009 e 2013, foram mais de R$ 138 BILHÕES, dados sem nenhum controle.

A sociedade, principalmente os servidores, está sofrendo na pele e no bolso as consequências dessa política: um estado falido, as políticas públicas sucateadas e alguns grandes empresários longe dessa crise, pois foram presenteados com benesses pelo Poder Executivo, algumas vezes com aprovação da Alerj.

O projeto recebeu 40 emendas, algumas delas feitas pela bancada do PSOL, como por exemplo, garantindo incentivos culturais. Voltará a ser debatido em segunda discussão.

Esta entrada foi publicada em Notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>