Notícias

‘Transportes no Rio: O que mudou? Nada’

“Após o aumento das passagens dos trens, chegou a vez do metrô. A concessionária que explora o serviço se antecipou e anunciou na imprensa um pedido de compensação pelo Estado, em caso de não aplicarem 26% na tarifa básica, autorizado pela agência reguladora, a Agetransp. Aumento absurdo, que seria a partir de 2 de abril, e que foi adiado por um mês. Não cancelado.”

Artigo que publicamos hoje (domingo, 3/4) no Jornal O Dia sobre o caos que se abate na política de transportes no Estado e a criminosa tentativa de aumentar a passagem em 26% em plena pandemia.

Leia mais

Esta postagem está também no Facebook do Eliomar

Esta entrada foi publicada em cidadania, Cidade, Direitos Humanos, Na Mídia, Notícias, Politica, Transportes. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>