Blog

Violência nas escolas

Um levantamento divulgado pelo jornal O Globo, junto a 726 alunos da rede pública municipal entre 7 e 12 anos de idade, espalhados por dez colégios, mostrou que 56% enxergam a violência como o maior problema que enfrentam no dia a dia. Estudantes de colégios em áreas de risco nas Zona Norte, Oeste, Sul, Centro e Complexo do Alemão e Maré, eles queixaram-se, especialmente, dos tiroteios, que acarretam, muitas vezes, suspensão das aulas. Na reportagem, professores relatam situações em que é preciso enfrentar a ingerência do tráfico dentro da escola. Tratei deste assunto no post “Talentos perdidos“, que relaciona o problema à questão da evasão escolar.

Uma boa mostra do cotidiano dos professores nas escolas em áreas de risco é o filme “Verônica” que conta a história de uma professora de escola pública que decide proteger um aluno perseguido, ao mesmo tempo, por traficantes e por policiais corruptos. A mãe e o pai, que trabalhava para o tráfico, são assassinados em um massacre. O garoto não morre porque está na escola. Sem saber do incidente, a professora resolve levá-lo para casa, na favela, e é alertada por vizinhos, que a criança também está jurada de morte porque recebeu um pen drive do pai que denúncia a cumplicidade entre policiais e traficantes. A partir daí, professora e aluno viram fugitivos.

Imagem de Amostra do You Tube
Esta entrada foi publicada em Blog, Cultura, Educação e marcada com a tag , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>