Rio - 16 de abril de 2014

Voz fundamental


O jornalista e escritor uruguaio Eduardo Galeano, autor de mais de 40 livros, como o indispensável “As veias abertas da América Latina”, será homenageado amanhã, às 19h, por Eliomar Coelho e pelo deputado estadual Marcelo Freixo – parlamentares do PSOL/RJ. De Eliomar, recebe o Título de Cidadão Honorário do Município do Rio de Janeiro. De Freixo, recebe a Medalha Tiradentes. Galeano fará uma palestra seguida de debate no auditório da Emerj – Escola de Magistratura do Estado do Rio de Janeiro – onde acontece o tributo. Aos 73 anos, o autor é uma voz fundamental na análise de questões políticas e históricas. Desde 85, Galeano mora em Montevidéu depois dos 12 anos do exílio que sofreu após o golpe militar no Uruguai, em 73. Exilado na Argentina, ele foi obrigado a viver um segundo exílio, na Espanha, depois do golpe do general Jorge Videla, quando foi ameaçado de morte pelos militares argentinos.

Dia: quarta-feira, 16/04
Hora: 19h
Local: Emerj na Rua Dom Manoel, 25, no Centro.

Imóveis vazios
Eliomar Coelho
“É lamentável a forma como parte da mídia aborda a questão da ocupação do terreno do OI, no Engenho Novo. Em pleno pontapé da campanha eleitoral, Eduardo Paes e Dilma anunciaram a compra do imóvel da empresa onde o prefeito prometeu construir 2.240 casas populares. A notícia está no Informe O Dia. O prefeito-candidato mentiu. Reeleito, reclamou do preço de menos de R$ 20 milhões cobrado pela OI e esqueceu o negócio. Apenas como contraponto, foram gastos 15 milhões com o sorteio dos grupos das eliminatórias para a Copa do Mundo. Abandonado e ocioso há anos, o terreno acabou sendo ocupado e desocupado de forma truculenta na última sexta-feira (11/04). A situação dramática apenas expõe uma evidência: ausência total de política habitacional no Rio de Janeiro. ” Leia artigo na íntegra

Defensoria olímpica?

“Defensoria pública não pode ser defensoria olímpica. Isso foi dito e repetido”, lembra Eliomar Coelho, que participou da audiência pública onde foi discutida a atuação da Defensoria Pública nas remoções de moradores da Vila Autódromo, do Morro da Providência e da Indiana, realizadas pela prefeitura. O deputado estadual Marcelo Freixo, que realizou o evento, decidiu entrar com representação no Ministério Público contra o Defensor Público Geral, Nilson Bruno, por assédio moral e improbidade administrativa. Bruno revogou liminar a favor da comunidade de Vila Autódromo que permitiu a ação de remoção.

Hora de trocar!
Não pode! Está na pauta da Ordem do Dia para votação na Câmara Rio, o projeto de lei 101/2013, proposto por Eliomar, que determina troca de nomes de escolas e outras instituições municipais batizadas em homenagem a envolvidos na ditadura e na tortura. É o caso de uma escola em Bangu que foi nomeada Emílio Garrastazu Médici. O proposta também propõe que os novos nomes das instituições públicas sejam de professores e intelectuais brasileiros que contribuíram para a qualidade da educação pública.

Mapa crítico nas redes sociais
Na Vila Amoedo, cerca de 50 famílias foram removidas em meados de 2012 em função das obras da Transoeste. Os moradores receberam indenizações irrisórias . A área atualmente é um imenso estacionamento da loja Amoedo, na Avenida das Américas. A denúncia está no Mapa Crítico da Cidade do Rio de Janeiro, elaborado pelo Mandato Eliomar Coelho que traz informações sobre remoções forçadas. A 8ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Defesa da Cidadania, do Ministério Público, está investigando remoções desnecessárias também em Vila Recreio II e Vila Harmonia, que estão na mapa. A ferramenta virtual, que viralizou nas redes sociais, também mostra as privatizações na cidade e faz uma radiografia da mobilidade urbana com levantamento sobre os vários modais que circulam no Rio.

Para não esquecer

A data é simbólica e serve para lembrar e marcar a luta por memória, justiça e verdade. 24 de março agora é Dia Internacional pelo Direito à Verdade – lei de autoria do deputado federal Chico Alencar (PSOL/RJ) aprovada na Congresso Nacional.

Avanço programático do PSOL
Paulo Bearzoti Filho
“Embora ciente dos inúmeros obstáculos que ainda desafiam nosso partido, encontro-me entre aqueles que avaliam positivamente os resultados de nosso IV Congresso Nacional e enxergam com otimismo as perspectivas da candidatura de Randolfe Rodrigues para presidente e Luciana Genro para vice-presidente. Em especial, as entrevistas, eventos e pronunciamentos do companheiro Randolfe sinalizam que nossa campanha presidencial pode estimular importante avanço programático para o PSOL e a esquerda brasileira.” Leia artigo na íntegra

RIO ANTIGO
Veja o Aeroclube do Brasil que funcionou em área que hoje pertence ao Complexo da Maré. O terminal foi construído em 1936, em Manguinhos ao lado do belo palácio em estilo neo-mourisco que abriga a Fiocruz. Foi um acidente provocado por uma manobra exibicionista de um cadete que selou o fim do terminal em Manguinhos, aliado ao problema do tráfego aéreo na região. A queda do avião Fokker provocou 40 mortes em Ramos. Viaje no tempo