Notícias

Witzel não investiu o mínimo em Educação em 2019

A educação é um dos bens mais preciosos para o país, mas não parece ter relevância na gestão Witzel, que deixou de aplicar o mínimo constitucional na área em 2019. Esse foi um dos principais motivos para a rejeição das suas contas de 2019 pelo TCE-RJ.

Para um governo de primeira viagem, não ter as contas aprovadas logo no primeiro ano demonstra a total falta de responsabilidade com o cargo e, principalmente, com a população.

Esta notícia está também no Facebook do Eliomar

Esta entrada foi publicada em Cultura, Educação, Notícias, Politica, Servidores, Transportes. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>